A história do Pai Natal e da noite mais mágica do ano | Pequenada
Início
>
Diversão
>
A história do Pai Natal e da noite mais mágica do ano

A história do Pai Natal e da noite mais mágica do ano

A história do Pai Natal e da noite mais mágica do ano

Para as crianças, os dias que antecedem o Natal são mágicos e maravilhosos… a ansiedade fervilha e enquanto a pequenada faz a contagem decrescente, conte-lhes esta divertida história do Pai Natal e da noite mais mágica do ano!

Vamos agora falar do que acontece em Dezembro
O dia vinte cinco propriamente, a que chamamos Natal
Daquele senhor com o mesmo nome se bem me lembro
De barbas brancas e roupa vermelha, o Pai Natal afinal!

Vive no Polo Norte num sítio bem gelado
Onde tem a sua fábrica de brinquedos
Um lindo trenó que por renas é puxado
Para cumprir uma missão cheia de segredos!

Tem por missão andar na véspera de Natal
Ver quem se portou bem ou mesmo mal
E à noitinha pela chaminé deles descer
Para um presente no sapatinho meter!

Ele e a equipa com este trabalho nunca param
Pois leva um ano inteiro para planeá-lo
E ter um grupo de duendes para auxiliá-lo
Para ler as cartas que os meninos lhe mandaram!

Todos os brinquedos por medida aqui são feitos
Usando moldes e belas tintas para ficarem perfeitos,
São bicicletas, carros, bolas e até pequenos sinos
Tendo em conta todos os desejos dos meninos!

Embora ele não se esqueça de ninguém
Dizem que ele gosta e que muito convém,
Enviar uma carta com a antecedência quanto baste
Para o Polo Norte, contando o quanto bem te portaste!

E se este ano ele por acaso se esquecer
De pela tua chaminé à noite descer
É porque antes deve com os teus pais ter falado
Deixado a eles o teu presente para ser guardado!

E eles sempre cumprem a missão
De fazer o presente chegar à tua mão
Ou está debaixo da árvore como habitual
Que em honra dele se chama pinheirinho de Natal!

Mesmo os meninos que se portam mal
Acreditam que têm nele o seu fiel amigo imortal
Pois perdoa-lhes tudo e dá-lhes presentes
Ficam assim também muito contentes!

Prometem-lhe que para o ano será diferente
Portar-se-ão bem para merecer o seu presente
Ele acredita que isto é a mais pura verdade
Que vão ser bons meninos na realidade!

E é extraordinário pois nunca se esquece de uma cara ou um nome
Seja em Portugal ou mesmo no Nepal,
Sabe sempre o teu nome, quantos anos tens e o que queres para o Natal!

Desconfio que ele pergunta a todos os pais
Ou tem algum espião infiltrado
Pois embora tenha um ano inteiro para de todos os presentes tratar
Até ler as cartas e os brinquedos planear
Não daria tempo para eles todos fabricar!

E depois numa única noite todos eles entregar
Apenas ele o consegue com o seu trenó mágico
Dizem mesmo que começa a nevar para a temperatura do trenó baixar
Pois a sua velocidade é tão rápida que é difícil no céu o encontrar!

Depois da missão cumprida, regressa à sua casa no Polo Norte
Para no dia de Natal descansar
E a todos os meninos pequeninos de novo desejar:
Votos de um Feliz Natal
Cheio de coisas maravilhosas e amor para receber e para dar
São os votos do Pai Natal e de quem convosco está a falar!

Classifique o artigo