Como fazer um quadro para dispor os desenhos das crianças | Pequenada
Início
>
Diversão
>
Como fazer um quadro para dispor os desenhos das crianças

Como fazer um quadro para dispor os desenhos das crianças

Como fazer um quadro para dispor os desenhos das crianças
Crédito da Imagem: 1

As crianças adoram fazer e colorir desenhos e os pais adoram exibir estas pequenas obras de arte. Mas se o frigorífico já não tem espaço e emoldurar cada uma das dezenas de folhas que tem espalhadas pela casa não parece a melhor opção, aprenda a fazer um quadro para dispor os desenhos das crianças.

1º passo: determine o local onde vai querer pendurar esse quadro, definindo qual o espaço que vai querer que ele ocupe na parede em questão. Pode ser na cozinha, no hall de entrada, no escritório, no corredor ou no quarto das crianças… o importante é que esteja num local facilmente visível para todos.

2º passo: adquira uma ou mais placas de K-Line (um papel grosso e reforçado com espuma), que podem ser coladas uma à outra para aumentar o comprimento e/ou tornar o quadro mais espesso. Meça as dimensões, corte as placas nas medidas desejadas, cole e deixe secar bem. Em alternativa, pode usar uma tela em branco ou um quadro em cortiça, embora nestes casos, os tamanhos possam ser mais restritivos.

3º passo: escolha um tecido para cobrir o quadro que está a criar. É importante ter em conta o local onde este quadro será pendurado, bem como a sua decoração e palete de cores. Uma vez que o principal objetivo deste quadro é exibir os desenhos das crianças, opte por um tecido liso (os padrões podem confundir-se com os desenhos e vice-versa), mas numa cor vibrante que irá realçar ainda mais os desenhos da pequenada. O tecido terá de ser maior do que o quadro, uma vez que será dobrado e agrafado à parte de trás do quadro.

4º passo: se necessário, engome o tecido, dispondo-o de seguida sobre o quadro. Estique-o bem e vá agrafando as pontas soltas à parte de trás do quadro – esta tarefa torna-se mais fácil se for efetuada por duas pessoas. Para não ter tecido acumulado em excesso nos cantos do quadro, poderá ter de recortar algum, no entanto, tenha cuidado para não cortar demasiado: tem de ter o suficiente para agrafar! Outra dica: se quiser renovar o visual do quadro ao longo dos tempos, basta substituir o tecido por outro.

5º passo: afixe o quadro à parede de forma segura, utilizando dois pregos ou um prego e um pouco de corda para suspender o quadro – o importante é que o quadro esteja seguro e encostado à parede, evitando que pequenas mãos o possam facilmente derrubar ao chão.

6º passo: agora resta dispor os desenhos das crianças no seu novo quadro de inspiração e arte infantil! Utilize pequenas tachas ou pioneses para o efeito, espetando alguns suplentes num dos cantos do quadro para ter sempre à mão, ou seja, sempre que surja um novo desenho para exibir. Desenhar e colorir é uma das muitas formas de incentivar a criatividade nas crianças e agora que têm um espaço dedicado exclusivamente aos seus desenhos, as obras de arte não vão parar de surgir e de encantar!

Classifique o artigo