Como fazer com que as crianças tenham um bom comportamento na escola | Pequenada
Início
>
Educação
>
Como fazer com que as crianças tenham um bom comportamento na escola

Como fazer com que as crianças tenham um bom comportamento na escola

Como fazer com que as crianças tenham um bom comportamento na escola
Crédito da Imagem: 1

Algumas crianças apresentam um mau comportamento escolar, o que afeta a sua aprendizagem, a sua relação com colegas, professores e outros funcionários da escola. Muitas delas portam-se mal e, por estarem longe da vista dos pais, julgam-se impunes, mas esquecem-se que a escola, mais tarde ou mais cedo, relatará os seus comportamentos. No fundo, elas precisam de ser disciplinadas em casa para que nunca faltem ao respeito aos demais, especialmente os adultos em ambiente escolar. Conheça 7 dicas para lidar com o mau comportamento das crianças na escola.

1. Permanecer em contacto com a escola

Os encarregados de educação deverão estar sempre em constante comunicação com a escola, de modo a que os professores possam comunicar quaisquer problemas relativos ao comportamento das crianças em ambiente escolar. No geral, deverão estar sempre informados sobre os comportamentos das crianças quando estas estão longe dos seus olhos.

2. Estar em contacto com as crianças

De modo a que as crianças compreendam que se deverão comportar em todos os momentos, é importante que os encarregados de educação comuniquem com elas, ficando a par de todos os problemas que possam acontecer na escola. Assim, as crianças sentir-se-ão mais à vontade para falar dos seus problemas e os encarregados de educação conhecerão a versão dos petizes como a dos professores.

3. Dar educação em casa

As crianças deverão ser educadas em casa, aprendendo a ser melhores pessoas em todos os locais e circunstâncias. A educação é muito importante e não deverá esperar-se que a escola trate desse assunto. Na escola, os professores e auxiliares lidam com muitas crianças ao mesmo tempo e não faz parte dos seus deveres dar educação às crianças.

4. Aplicar castigos sempre que necessário

Para que as crianças compreendam que as suas atitudes têm consequências é preciso estabelecer regras. Sempre que uma criança tiver um mau comportamento, deverá ser castigada de acordo com as suas atividades de diversão. Pode, por exemplo, cortar-se o acesso ao computador até que ela aprenda a estudar corretamente e a comportar-se na escola.

5. Atribuir recompensas nos momentos certos

Se a criança largar o mau comportamento e aguentar-se corretamente na escola, esse momento também não deverá passar despercebido. É importante que as crianças sejam recompensadas por ultrapassar os problemas de modo educado e coerente. Só assim é que terão bons exemplos.

6. Oferecer ajuda

Os encarregados de educação deverão ajudar e ensinar as crianças a lidar com os problemas de forma educada e civilizada. Só assim é que elas evoluirão enquanto seres humanos. Por outro lado, também é muito importante que as crianças sejam ouvidas e compreendidas.

7. Prestar apoio em todas as situações

É da responsabilidade dos encarregados de educação apoiar os seus educandos em todas as situações (mesmo as mais embaraçosas e desagradáveis). É importante que conheçam os professores, os colegas e amigos das suas crianças para que compreendam completamente o ambiente em que as crianças se inserem. É também importante ensinar que, embora outros alunos apresentem mau comportamento, os seus educandos deverão manter-se bem comportados e dar o exemplo.

De modo a que as crianças tenham um comportamento exemplar é necessário que os pais estejam a par de todos os problemas e situações que acontecem na escola. Eles não deverão recorrer à violência física e desatar à palmada para a resolução dos mais variados problemas, mas sim comunicar com a escola e com os seus educandos. No fundo, devem educar as suas crianças, dar-lhes mecanismos para lidar com os problemas e recompensá-las ou castigá-las usando a disciplina como método de controlo do seu comportamento.