7 motivos para fazer uma festa de pijama | Pequenada
Início
>
>
7 motivos para fazer uma festa de pijama

7 motivos para fazer uma festa de pijama

7 motivos para fazer uma festa de pijama
Meninas numa festa do pijama
Crédito da Imagem: 1

Muitos são os pais que são confrontados com os pedidos dos filhos para ter amigos a dormir lá em casa para uma festa do pijama. Seja pela responsabilidade de ter outras crianças a dormir lá em casa ou o trabalho que isso dá, a reposta é, provavelmente, um não. Deixe os receios de lado e invista numa festa do pijama uma vez que esta não significa só diversão, pode ajudar o seu filho e os outros a aprender muitas capacidades sociais.

1. Obter novas experiências

Festas do pijama são ótimas para as crianças entrarem em contacto com novas culturas, comidas e até estilos de vida. Desta maneira estará a habituar as crianças às diferenças culturais e sociais de uma forma saudável. Há diferenças que poderão causar um certo impacto, como horários de ir dormir diferentes, mas é importante para a criança adaptar-se a diferentes situações.

2. Criar um sentido de independência

Habituar as crianças a dormir fora de casa num ambiente saudável e controlado ajuda-as a começar a criar um senso de independência dos pais, que facilitará mais tarde quando tiver que dormir fora por outras razões. Mesmo para a criança anfitriã, deixe-a deitar-se com os amigos sem o habitual beijo de boa noite, por exemplo, ou fazer com que seja ela a fazer a cama de manhã.

3. Fortalecer amizades

Há uma intimidade nas festas infantis que ajudam a fortalecer os laços de amizade ou até fazer novas. Obvio que isto acontece na escola ou em atividades mas há algo num um ambiente doméstico e a emoção de uma noite passada em conjunto que torna esta ligação mais íntima e especial

4. Desenvolver novas apetências comunicacionais

As festas de pijama são ótimos exercícios de sociabilidade para a criança aprender a comportar-se em grupo. Sem os pais por perto para atender às suas necessidades, estas veem-se obrigadas a comunicar mais, seja pedir algo para comer ou onde fica a casa de banho. Isto é importante especialmente para crianças envergonhadas, que poderão num primeiro momento sentir-se reticentes na comunicação, mas em conjunto com outras crianças começarem a desenvolver a confiança necessária.

5. Pôr em prática as boas maneiras

Cada família tem as suas próprias regras, e as festas de pijama dão às crianças uma oportunidade de aprender que as fronteiras sociais podem ser diferentes, e como se adaptar a elas. Se a criança tem uma boa educação em casa saberá como comportar-se e adaptar-se a estas diferenças.

6. Dar descanso aos pais

O descanso está longe de ser a palavra de ordem para o anfitrião, mas pense na oportunidade que está a dar aos outros pais para terem um tempo só para eles. E quem sabe a seguir não será você. Não há dúvida de que as crianças trazem alegria, mas podem ser stressantes também, desgastando até mesmo o mais heroico dos pais. Ao fazer uma pausa dos filhos de vez em quando, os pais têm tempo para cuidar de si mesmo e recarregar baterias.

7. É divertido!

E porque acima de tudo o que importa é a felicidade da criança e que esta crie boas memórias para se tornar um adulto saudável, lembre-se que estará a promover um momento divertido para as crianças. Pode ser cansativo para os pais sim, mas imagine a felicidade das crianças e como esse é um dos maiores prazeres da vida. Acaba por ser divertido não só para as crianças mas também para os pais.